Comissão aprova regra visando ressarcir estados e municípios por redução de IPI

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou projeto que cria uma transferência legal para compensar os estados, municípios e Distrito Federal pelos efeitos da redução de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), um tributo federal cuja arrecadação é compartilhada com os entes federativos.

Pela proposta, o governo federal deverá prever a compensação dos entes sempre que criar incentivo fiscal baseado no IPI. O ressarcimento será calculado com base em uma fórmula descrita no projeto. O valor será transferido conforme percentuais fixos também detalhados na matéria.

O texto aprovado é o Projeto de Lei 1406/15, do deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA). O relator, deputado Júlio Cesar (PSD-PI), apresentou parecer favorável. Ele afirmou que a medida é benéfica e não afeta as contas do governo federal.

“O projeto não gera renúncia fiscal nem desequilíbrio nas contas públicas. Quando a União estabelecer algum benefício fiscal, deverá ser levada em consideração a compensação a ser realizada aos entes federados. Trata-se apenas de uma regra administrativa”, afirmou.
Fonte JornalContábil | 14/10/2021

Desenvolvido pela TBrWeb